Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘thriller’

The Hurt Locker (2008)

The Hurt Locker (2008)

Tagline: “War is a Drug.”
Gênero: Guerra / Drama / Ação / Thriller
EUA / 131 Min
Nota: 9/10

Estrelando:

–  Jeremy Renner (28 Weeks Later, S.W.A.T.);
– Anthony Mackie (Million Dollar Baby, We Are Marshall, e ele é o Tupac no Notorious);
– Brian Geraghty (Love Lies Bleeding, We Are Marshall);
– Guy Pearce (Traitor, Rules of Engagement, The Proposition);
– Ralph Fienes (The Reader, O Jardineiro Fiel);
– David Morse (16 Blocks, The Green Mile).

The Hurt Locker veio para a terra das ariranhas com o ridículo nome de “Guerra ao Terror”. Essa mania desses tradutores inventarem esses nomes idiotas com certeza espanta os comrades que não querem ver mais um filme sobre a tal guerra contra o terrorismo, quando o filme trata mais de adrenaliny do que de terror. Aliás, o filme deveria chamar Adrenaliny.

Mas vamos ao que interessa. Que eu me lembre, desse ano, foi um dos filmes mais bacanas que assisti esse ano, ainda que tenha estreado apenas agora no Brasil, e é de 2008. Eu sei que filmes de guerra no Iraque produzidos nos EUA nos últimos anos não faltam (Body of Lies, Home of the Brave, Conspiracy e o recente The Messenger), e que o tópico uma hora começa a cansar, mas esse filme é realmente interessante. Na verdade, ele me lembrou em alguns momentos o demais Jarhead com Jamie Foxx e Jake Gyllenhaal (o moleque who stare at coelhos do Donnie Darko), mas com uma dose XXXL de tensão. Aliás, não lembro se algum filme me deixou tão tenso quanto esse. Em 2010, claro. O filme trata da dose de adrenaliny injetada nos soldados da EOD (um esquadrão designado ao desarmamento de bombas) durante o trabalho + ansiedade durante mês que falta para voltar pra casa + adrena-ddicteds = TEMSÃO!

O filme foi dirigido por Kathryn Bigelow, ex do James Cameron e também diretora daquele filme que toda a galere curte chamado Point Break…também conhecido como Caçadores de Emoção. 😉

E pra fechar com chave de ouro, o filme conta com uma trilha sonora com músicas de uma banda que gosto muito, não é mais tanto falada nos dias de hoje, mas com certeza um clássico do industrial, Ministry. Aqui, “Palestina“, uma das melhores músicas deles. Não achei o clip.

Pra quem gosta de Ministry,  um documentário está programado para sair esse ano. Mais informações, aqui.

Read Full Post »

Training Day (2001)

Training Day (2001)

Tagline: “The only thing more dangerous than the line beign crossed, is the cop who will cross it.
Gênero: Crime / Drama / Thriller
EUA / 122 Min
Nota: 9/10

Assisti pela segunda vez também. Excelente. Denzel Washington, Ethan Hawke (o FBI de Lord of War, a testemunha de Taking Lives com Angelina Jolie, e o estudante criativo de  Dead Poet’s Society). Eva Mendes (do recente The Bad Lieutenant e We Own the Night), uma rápida aparição de Terry Crews (o Julius de “Everybody Hates Chris“) e ainda participações de Dr. Dre e Snoop Dogg. O filme ainda conta com uma trilha sonora pesada por Dr. Dre, Cypress Hill, Papa Roach, Tupac, entre outros.

Dr. Dre e Snoop Dogg fazendo o medley entre ‘Let Me Ride‘ e  ‘Still D.R.E.‘ (parte da trilha) na lendária Up in The Smoke Tour em 2001.

Sempre gostei da fotografia desse filme, aliás, creio que quando a Rockstar criou o GTA San Andreas também lembraram desse filme.  O clima “gangsta badass” do filme é bem lembrado no jogo. E claro, o Chevrolet Monte Carlo ’79 Custom usado no filme lembra muito o Majestic, que tem no GTA, mas que pelo que andei pesquisando é um Buick Regal ’87. De qualquer forma, a referência é semelhante já que ambos carros sempre foram concorrentes.

Regal, Majestic, Monte Carlo

Da esq. para a dir.: Buick Regal '87, Majestic e Chevrolet Monte Carlo '79 Custom

As fotos são do Google mesmo, com exceção do print screen do jogo que é daqui. São referências para qualquer fã de GTA gostar ainda mais.

O filme foi dirigido por Antoine Fuqua (Tears of the Sun, King Arthur, Shooter e o recente Brooklyn’s Finest) e escrito por David Ayer (escreveu também o primeiro The Fast and the Furious e S.W.A.T).

E pra terminar, algumas curiosidades tiradas do IMDb com algumas notas:

Denzel Washington se inspirou em Rafael Pérez para dar um ar mais autêntico.  Rafael Pérez foi um policial de Los Angeles da controversa unidade C.R.A.S.H. que tinha como objetivo combater o crescente número de gangues e problemas com tráfico na cidade. Esse meu xará porto-riquenho esteve envolvido em um assalto de quase US$1.000.000,00; roubou e revendeu pelo menos US$800.000,00 em cocaína dos armários de evidência da polícia de LA. E pra completar, é o acusado do assassinato de Notorious B.I.G., que reza a lenda que foi ordenado por Suge Knight, co-fundador da Death Row Records, que lançou diversos sucessos como Snoop Dogg e Tupac.

Suge Knight Rise and Fall

Momentos de Suge Knight

– A palavra “fuck” é usada 211 vezes;

– As armas usadas por Denzel Washington são duas Smith & Wesson 4506, uma .45 semi-automática previamente usadas pela polícia estadounidense;

.45 Semi-Automática

S&W 4506 - .45 Semi-Automática. Fotos da Vintage Pistols.

– E é o único filme na história do Oscar em que um ator afro-americano ganhou o prêmio de Melhor Ator dirigido por outro afro-americano.

Read Full Post »